sexta-feira, 11 de setembro de 2020

Ex-educando do Conquista Criança, Simião Célio, oficializa candidatura em convenção do PSC e diz lutar por continuação do Programa

Imagem divulgação | Simião Célio recebe Título de Cidadão Conquistense, ano 2016

Em ano eleitoral multiplicam-se as promessas de campanha. Para não ser enganado, o eleitor precisa estar atento e procurar conhecer a história dos candidatos e o que eles já realizaram em benefício da população.

Simião Célio, 36 anos, coordenou o núcleo das oficinas profissionalizantes do Programa Conquista Criança. Onde, conseguiu realizar cerca de 32 parcerias entre setor público e privado, instituições de capacitação e qualificação profissional, faculdade, ampliando o leque de oportunidades e inclusão para o mercado de trabalho dos adolescentes educandos e egressos atendidos pelo Programa Conquista Criança. Sua história de vida tem ligação direta com o serviço prestado por essa entidade, onde de educando passou a ser educador contribuindo na formação de uma nova geração de educandos.

Em 2016, recebeu o título de Cidadão Conquistense em reconhecimento aos 15 anos de serviços prestados, na cidade, na área social a crianças, adolescentes e idosos enquadrados na assistência de proteção básica e especial.

Simião Célio conta que após se decepcionar com candidatos que não conheciam a realidade da instituição e não cumpriam o que prometiam, conversou com familiares e amigos e decidiu se colocar como pré-candidato a vereador.

Segundo ele:

"As atividades ofertadas pela entidade atendiam ao que dispõe art. 4º da lei 8069/1990

É dever da família, da comunidade, da sociedade em geral e do poder público assegurar, com absoluta prioridade, a efetivação dos direitos referentes à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao esporte, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária.

No total, segundo o relatório do Programa Conquista Criança, do ano de 2016, 37 atividades eram ofertadas para os educandos conforme a figura abaixo apresenta.

 

A partir do ano de 2017 o Programa Conquista Criança começa a sofrer com a decomposição das atividades oferecidas pela instituição, as primeiras oficinas afetadas, pela má administração, foram as profissionalizantes que deixaram de existir.

Em 2018 e 2019, a falta de transportes e manutenção destes veículos para condução dos educandos até a unidade passa a ser rotina constante, sinônimo de vergonha e exposição dos alunos a riscos em vias públicas, prejudicando no atendimento e gerando uma série de suspensão das poucas atividades ainda existentes.

O Conquista Criança, programa reconhecido internacionalmente, por já ter beneficiado a vida de mais de 6.000 crianças e adolescentes do município de Vitória da Conquista, do qual Simião também é fruto, e teve a oportunidade de representá-lo na cidade de Berlin em Alemanha, no ano de 2003, no 1º intercâmbio promovido pela Evangelische Jugend, na área de políticas públicas para programas sociais aos mais vulneráveis, ganhou uma série de manchetes negativas nos blogs e veículos de comunicação da cidade nos últimos 4 anos. Que vão desde a falta de alimentação, à solução de conflitos existentes nas repartições da unidade. A ponto de o gestor municipal declarar perseguição expressa aos funcionários nas ondas sonora de uma FM.

O amparo às crianças e aos adolescentes em situação de risco e vulnerabilidade é uma política pública, direito social e fundamental garantidos por lei.

A omissão destas garantias por parte dos poderes públicos configura-se em crime de violência institucional como prevê o art. 5, IV - violência institucional, entendida como a praticada por instituição pública ou conveniada, inclusive quando gerar revitimização. lei 1343/2017.

Vale lembrar que o dano provocado à criança e ao adolescente, por tal violência impetrada, não só, por órgãos públicos deve ser reparado. art. 5, XII - ser reparado quando seus direitos forem violados. lei 1343/2017

Na aplicação e interpretação da lei 1343/2017, está explícito que serão considerados... especialmente, as condições peculiares da criança e do adolescente como pessoas em desenvolvimento, às quais o estado, a família e a sociedade devem assegurar a fruição dos direitos fundamentais com absoluta prioridade.

Nesse sentido, requerer a continuidade deste serviço cujo respaldo está não só na CF/88, mas também na LOAS (Lei Orgânica da Assistência Social), no ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) bem como na Lei Municipal nº 1.113/2002, que legaliza o propósito da existência desta fundação na cidade;  é garantir o direito dos mais vulneráveis com absoluta prioridade, assim como sua continuação, reparando o dano provocado pela Administração Pública em detrimento de pessoas que este deveria cuidar e proteger, de que são exemplos inapeláveis.

Foram muitas tentativas por busca de apoio da Câmara de vereadores, por parte do prefeito, mas sem sucesso. O Conquista Criança continua abandonado. Além disso a prefeitura insiste em ignorar as queixas sobre o fechamento do Programa. Me parece que a força política de alguns está pesando mais do que o benefício para muitos." Ressalta o pré-candidato.

Ao ser questionado sobre as principais propostas para candidatura, Simião Célio aponta o compromisso em lutar pela continuação do Conquista Criança, pela destinação de recursos na área social, de educação, da saúde e infraestrutura dos bairros carentes. "Precisamos cuidar das pessoas, dar dignidade a elas, qualidade de vida. Garantindo seus direitos em consonância com a lei", declara Simião Célio.

As famílias dos educandos bem como estes, relatam que o trabalho do pré-candidato a vereador Simião Célio, no Programa Conquista Criança, ajudou muitas crianças e adolescentes a se profissionalizarem, ganhar espaço no mercado de trabalho e a acreditarem em um futuro promissor, mesmo em situação de desigualdade expostos aos dilemas sociais, sua história de vida inspira e da esperança para eles.

Na noite desta quinta-feira, 10 de setembro, Simião Célio teve oficialmente sua candidatura registrada em convenção partidária pelo PSC, partido presidido por Ney Mota em Vitória da Conquista. O evento aconteceu na sede do partido localizada na praça Vitor Brito, que também contou com a presença do assessor jurídico do partido, Dr. Adson Improta.


Share:

0 comentários. Clique aqui para comentar também!:

Postar um comentário

PODCAST



BTemplates.com

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

PODCAST

PODCASTCEVIU